Programas

O Instituto Acqua tem experiência na realização de diagnósticos para atender as necessidades de seus parceiros. Para estimular a consciência cidadã, a educação e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros, realiza ações diversas nas áreas de Saúde, Meio Ambiente, Urbanismo. Esporte, Cultura e Educação.

Saúde

O Instituto Acqua oferece um amplo leque de opções de programas na área de saúde.
Veja quais são:
(clique nos programas para navegar)

Programa de Cooperação Técnica do
Centro de Atenção Psicosocial: Residências Terapêuticas

O programa consiste no serviço de Residências Terapêuticas - modalidade que substitui a internação psiquiátrica prolongada. Oferece moradias a pessoas portadoras de transtornos mentais graves, institucionalizadas ou não, com assistência integral e especializada por equipe interdisciplinar. Tem, em seu processo de reabilitação psicossocial, a inserção na rede de serviços e relações sociais da comunidade. Busca a melhoria na qualidade de vida, inclui o resgate, a preservação e a qualidade de habilidades e potencialidades para uma vida mais autônoma e independente ao considerar os limites de cada um.

Esse atendimento é voltado para pacientes desinstitucionalizados do serviço de internação psiquiátrica, em serviço de atendimento domiciliar, conforme normas do Ministério da Saúde, por meio de tratamento psicossocial e reinserção ao convívio social.


Programa de Cooperação Técnica
Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas

Oferece atendimento e cuidados intermediários, entre o regime ambulatorial e a internação hospitalar, com uma equipe multiprofissional.

Constitui-se, também, em porta de entrada da rede de serviços para as ações relativas à saúde mental, por meio da prestação de atendimento a pacientes com dependência, em serviços de atenção diária, para o acompanhamento em cuidados intensivos e semi-intensivos. Os pacientes são encaminhados e internados em Residências Terapêuticas para tratamento psicossocial.


Programa de Cooperação Técnica
Centro de Atenção Psicosocial Infantil

O programa oferece atendimento com cuidados intermediários, entre o regime ambulatorial e a internação hospitalar, por meio de uma equipe multiprofissional. Constitui-se, também, em porta de entrada da rede de serviços para as ações relativas à saúde mental.

Atende crianças e adolescentes com transtornos mentais, em serviço de atenção diária, para o acompanhamento em cuidados intensivos, semi-intensivos e não intensivos.


Programa de Gestão de Saúde

Desenvolve ações de prevenção, formação, qualificação, educação, diagnóstico e pesquisa, com o objetivo de contribuir para a melhoria dos indicadores socioambientais das regiões onde atua. O trabalho é fundamentado na saúde pública, por meio de ações que consolidam e fortalecem o SUS, como modelo de política pública para o setor.


Programa Censo em Saúde

Contrata e capacita agentes recenseadores para visitar domicílios. Aborda temas da área de saúde, como cadastramento do cartão SUS, educação, assistência social, dados socioeconômicos, habitação, entre outras informações, que contribuem para o governo executar políticas públicas mais precisas de acordo com a realidade local.


Programa de Educação em Saúde

Faz a gestão e a capacitação para formar de equipes de trabalho nas áreas de:
- Vigilância ambiental;
- Saúde da família;
- Educação para a saúde;
- Qualidade do atendimento;
- Controle social, com a participação nos conselhos municipais de saúde;
- Gerenciamento e administração de serviços ambulatoriais e hospitalares;
- Atuação em parcerias com projetos específicos da área de saúde;
- Consultoria na formação de programas;
- Consultoria e assessoria nos serviços da rede pública de saúde, em parceria com governos municipais e estaduais.


Programa de Atenção Básica à Saúde

Visa administrar e manter programa de saúde hospitalar, por meio de cooperação técnica, apoio matricial e estímulo à comunidade para práticas saudáveis, que proporcionem uma melhor qualidade de vida.

Promoção dos seguintes atendimentos:
- Consultas médicas em especialidades básicas (ginecologia, clínica geral e pediatria);
- Atendimento odontológico básico, vacinação, atividades educativas, assistência pré-natal e ao parto, atividades de planejamento familiar e dos agentes comunitários de saúde.


Programa Saúde da Família e Agentes Comunitários de Saúde

Os programas Saúde da Família e Agentes Comunitários de Saúde são financiados por órgãos governamentais, mas gerenciados e executados pelo Instituto ACQUA com parceria das prefeituras municipais. O Instituto realiza levantamento sócio-ambiental nos municípios onde atua, além de capacitar e manter os profissionais para execução do programa.

Programa Saúde da Família

Programa criado pelo Ministério da Saúde em 1994. Tem como principal propósito reorganizar a prática da atenção à saúde em novas bases para levar a saúde para mais perto da família e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros.

O programa prioriza ações de prevenção, promoção e recuperação da saúde das pessoas, de forma integral e contínua. O atendimento é prestado na unidade básica de saúde ou no domicílio por profissionais (médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde) contratados e mantidos pelo Instituto ACQUA para compor as equipes de Saúde da Família. Os profissionais e a população criam vínculos de co-responsabilidade, o que facilita a identificação e o atendimento aos problemas de saúde da comunidade.
Diante dos ótimos resultados já alcançados, o Ministério da Saúde estimula a ampliação das equipes de Saúde da Família no Brasil.

Programa Agentes Comunitários de Saúde

A estratégia do Programa Saúde da Família (PSF) teve início em junho de 1991, com a implantação do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS). Em janeiro de 1994, foram formadas as primeiras equipes de Saúde da Família, incorporando e ampliando a atuação dos agentes comunitários (cada equipe do PSF tem de quatro a seis Agentes Comunitários de Saúde; este número varia de acordo com o tamanho do grupo sob a responsabilidade da equipe, numa proporção média de um agente para 575 pessoas acompanhadas).

As unidades básicas do programa são capazes de resolver 85% dos problemas de saúde em sua comunidade, prestando atendimento de bom nível, prevenindo doenças, evitando internações desnecessárias e melhorando a qualidade de vida da população.

Atribuições dos membros das equipes do PACS/PSF:

Médico - atende os integrantes das famílias, independentemente de sexo e idade; desenvolve (com demais integrantes da equipe) ações preventivas e de promoção da qualidade de vida da população.

Enfermeiro - supervisiona o trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde e do Auxiliar de Enfermagem; realiza consultas na unidade de saúde; presta assistência em domicílio às pessoas que necessitam de cuidados de enfermagem.

Auxiliar de enfermagem - realiza procedimentos de enfermagem na unidade básica de saúde, no domicílio e executa ações de orientação sanitária.

Agente Comunitário de Saúde - faz a ligação entre as famílias e o serviço de saúde, por meio de visitas mensais aos domicílios; realiza o mapeamento de cada área, o cadastramento das famílias e estimula a comunidade para práticas que proporcionem melhores condições de saúde e de vida.

Atribuições das equipes do PACS:

As equipes são capacitadas para conhecer a realidade das famílias pelas quais são responsáveis, por meio de cadastramento e diagnóstico de suas características sociais, demográficas e epidemiológicas. Identificam os principais problemas de saúde e situações de risco aos quais a população que ela atende está exposta. Elaboram, com a participação da comunidade, um plano local para enfrentar problemas de saúde. Prestam assistência integral, respondem continuamente à demanda na Unidade de Saúde da Família, na comunidade, no domicílio e no acompanhamento ao atendimento nos serviços de referência ambulatorial ou hospitalar. Desenvolvem ações educativas para enfrentar os problemas de saúde identificados.

OSASCO - Exemplo da atuação do Instituto ACQUA

O Instituto ACQUA atua em Osasco (SP) desde agosto de 2010, com o Programa de Agentes Comunitários, DSTS-AIDS e Núcleo de Vigilância Materno Infantil. Os números a seguir traduzem a excelência de atuação do ACQUA, acompanhe:

No município, o Instituto contratou por meio de processo seletivo 446 funcionários CLT dentre administrativos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários.  Em 2011, realizou cobertura de 39,15% da população no programa. A atuação da organização cobre as regiões Norte e Sul do município, totalizando 79.078 famílias cadastradas no programa; foram realizadas 780.033 visitas por ACS, 48.537 visitas realizadas pela equipe de enfermagem, o número de atendimentos foi de  167.932; e procedimentos realizados constituem um total de 358.977; há  cobertura de 99,4% de crianças em esquema vacinal, cobertura de 97,11% dos hipertensos e diabéticos;  cobertura de 99,44 % de pré-natal e gestantes; acompanhamento ao grupo da melhor idade em 103% dos cadastrados; foram mapeados 100% dos acamados em áreas de cobertura do PACS.  DST/AIDS tem 16 profissionais CLT, foram realizados 10 eventos com os Agentes de Prevenção junto a CIPAS de empresas em Osasco; realizadas 34 visitas com palestras sobre DST/AIDS/ Hepatites em UBS; Cinco eventos de massa em Promoção de Saúde; 24 visitas em locais de trabalho de profissionais do sexo; Núcleo Materno Infantil oferece 110% de cobertura populacional de menores de 1 ano e gestantes; 100% busca ativa de menores de 1 ano casos de alta hospitalar; cobertura de 95% de pré-natal.

Outros municípios parceiros do ACQUA:

Cotia
Objeto do Termo de Parceria – Continuidade da Reestruturação do Processo de Gestão na Saúde Pública de Cotia com ênfase na qualidade do atendimento, início: setembro/2009 término dezembro/2012.

IMASF – Instituto Municipal de Assistência a Saúde do Funcionalismo – São Bernardo do Campo
Objeto do Termo de Parceria – Reestruturação dos serviços com qualificação da assistência focando na satisfação dos beneficiários com redução de custos, início: outubro/2011 término outubro/2012.

São Sebastião
Objeto do Termo de Parceria – Manutenção da gestão e execução da Estratégia de Saúde da Família, início: julho/2009 – término: abril/2011.

Araraquara
Objeto do Termo de Parceria – Reorganização dos Serviços der Pronto Atendimento e Apoio Regulação, inicio: outubro/2010 – término maio/2012.


Programa de Controle e Erradicação da Dengue

Atuação de campo conscientiza e sensibiliza a população da importância de ações ambientais coletivas. Sensibiliza e conscientiza a comunidade em relação às questões de higiene, consumo, de produção e descarte do lixo. É explicado que essas posturas éticas ambientais são necessárias para a proteção do meio ambiente.


Programa de Serviços Complementares de Saúde em Farmácia e Odontologia

Adequação dos espaços físicos e desenvolvimento das atividades de rotina dos serviços de atendimento odontológico e farmacêutico. Esta ação visa:
- Disponibilizar medicamentos a baixo custo;
- Promover o acesso da população de baixa renda aos medicamentos, reduzindo a automedicação para diminuir riscos;
- Implementar atendimento básico e serviços de referência;
- Oferecer tratamento especializado em odontologia (endodontia, periodontia, prótese parcial e removível) e serviço farmacêutico.


Programa de Vigilância em Saúde

Combate e previne doenças em comunidades localizadas em áreas de risco. Reorganiza a prática de atenção à saúde. Melhora a qualidade de vida, por meio de atividades educacionais sanitárias e ambientais. Intensifica ações de controle e combate à dengue, com a fiscalização e orientação casa a casa; tem supervisão e acompanhamento técnico.


Programa de Atendimento ao Público e
Apoio à Estatística Médica

Promove a gestão participativa dos serviços de agendamento, regulação, estatísticas médica e de saúde, bem como a concessão e utilização do cartão SUS. Reforça o conceito de clínica ampliada que estimula o paciente a passar por diferentes práticas terapêuticas, com base na Política Nacional de Humanização. Os resultados nas cidades, em que esse programa foi aplicado, são reconhecidos pelos parceiros e a população envolvida.